Viajando para Annecy

Share

Em julho deste ano fui fazer um curso de francês na França. Após analisar diversas opções de cidade, minha escolha foi Annecy, nos alpes franceses, próxima à fronteira com a Suíça. Os principais motivos foram os atrativos naturais da cidade, assim seria uma ótima opção para o verão. Darei aqui uma ideia geral da cidade e suas atrações. Minha estadia foi em pleno verão, mas há diversos atrativos no inverno, principalmente as estações de esqui próximas.

Canal em Annecy, no centro histórico

Canal em Annecy, no centro histórico

Anne-o-que? Um pouco de Annecy

Annecy é uma pequena cidade francesa localizada nos Alpes Franceses, dentro da região Rhône-Alpes, capital do departamento Haute Savoie. Dois aspectos da cidade merecem destaque. O primeiro são os canais que passam pela cidade. Por causa deles a cidade é conhecida como a “Veneza dos Alpes”. A água dos canais compõe o rio Thiou, que deságua no rio Fier, e começa no lago da cidade. E este lago, o Lac d’Annecy, é o segundo destaque da cidade, sendo o segundo maior lago da França em superfície. O lago abriga diversas atividades aquáticas e praias. Além do lago e canais, Annecy é um grande destino no inverno, devido à sua proximidade com diversas estações de esqui, tanto que a cidade foi uma das candidatas aos jogos olímpicos de inverno de 2018, mas não foi selecionada.

O nome Annecy pode confundir, pois existem Annecy, Annecy-le-Vieux, a aglomeração de Annecy e o lago de Annecy. A aglomeração é um conjunto de comunas (cidades) que estão em volta de Annecy, entre elas Cran-Gevrier, Seynod e Annecy-le-Vieux, cada uma com sua prefeitura. Para padrões brasileiros, são cidades bem pequenas: andando por toda uma tarde, por exemplo, é possível percorrer três comunas diferentes. Annecy-le-Vieux é a “antiga Annecy”, sendo sua vizinha direta. Já o lago é cercado por várias cidades, incluindo cidades que não estão na aglomeração, como Duingt, Menthon-Saint-Bernard e Sevrier. Annecy (cidade) é meio que o centro disso tudo, sendo assim o lugar onde estão concentradas a maior parte das atividades.

O que fazer

A cidade tem atrações para praticamente todos os públicos. Eu destaco os atrativos naturais e atividades esportivas, mas a cidade é ótima também para tirar fotos, pra quem gosta de história (museus, igrejas, centro antigo, etc) e para quem gosta de vida noturna. Vamos fazer uma lista resumida aqui das atrações.

Mais próximo do centro

  • Centro histórico: a parte antiga é cheia de pequenas lojas e restaurantes, e também é por onde passam os canais. Alguns pontos turísticos são o Palais d’Isle (antiga prisão) e o Château d’Annecy (castelo). Aproveite para experimentar algum dos sorvetes artesanais e comer um crepe ou tomar um café.
  • Bonlieu e Office de Tourisme: informações turísticas, souvenirs, visitas guiadas, mapas da cidade, entre outros, tudo isso você encontra no Office de Tourisme, que fica no mesmo prédio do Bonlieu, onde ocorre todo ano o festival de filmes de animação de Annecy.
  • Paquier e áreas verdes: há diversos espaços verdes próximos ao lago. Se quiser fazer um programa bem francês, leve uma toalha e se instale na grama para tomar um pouco de sol enquanto faz um piquenique. Uma das áreas com muita grama é o Paquier, que fica pertinho do centro histórico.
Château d'Annecy, castelo que foi casa dos condes de Genebra no passado e hoje é um museu

Château d’Annecy, castelo que foi casa dos condes de Genebra no passado e hoje é um museu

No lago

  • Praias: sempre que pensava em praia, pensava em mar. Mas o lago de Annecy tem muitas praias, que em geral não são de areia, e sim de grama e/ou pedras. Em algumas a entrada é paga e em outras não. Em geral as praias pagas têm mais estrutura (banheiros, restaurantes, vestiários), mais atividades (como tobogãs e atividades para crianças), às vezes até piscinas e um pouco mais de privacidade. Porém, se seu objetivo é só tomar um pouco de sol e se refrescar na água, as praias gratuitas são ótimas. Nos dois casos, sempre nade nas áreas permitidas (é proibido nadar em diversas partes do lago, com multas pra quem não respeita). Leve sempre uma toalha e água, além da roupas de banho. A lista das praias e piscinas pode ser vista em http://www.lac-annecy.com/bouger/plages-piscines.html (em francês, com traduções em inglês, alemão, italiano e neerlandês).
  • Aluguel de barcos e pranchas: diversos locais alugam equipamentos para se divertir na água. É possível alugar barcos com motor, barcos para pedalar, caiaque, barco a vela e stand-up paddle. Para alguns desses é possível até fazer aulas. Alguns desses lugares neste link: http://www.lac-annecy.com/bouger/sports-aquatiques.html (em francês, com traduções em inglês, alemão, italiano e neerlandês).
  • Volta do lago: fazer uma volta do lago é um programa interessante. São cerca de 40km, e o que realmente recomendo é fazê-los de bicicleta, a maior parte é plana e a vista muito bonita. Caso for se aventurar, o trajeto no sentido horário tem trechos menos íngremes (há apenas uma parte mais difícil).
Vista de uma das praias de Annecy (que estava bem cheia por sinal)

Vista de uma das praias de Annecy (que estava bem cheia por sinal)

Um pouco mais longe

  • Ir até as estações de esqui: no inverno você pode visitá-las pra esquiar, mas no verão há também atividades como esportes de aventura em algumas montanhas (como parapente). No alto da montanha Semnoz, que fica bem perto de Annecy, é possível ter uma vista incrível da região. No verão há ônibus saindo da rodoviária até o topo, e é possível ir com a bicicleta dentro do ônibus na subida e depois descer sem o ônibus. Outra cidade relativamente próxima é La Clusaz, a 40km de Annecy. Há também Chamonix-Mont-Blanc, que é bem conhecida entre os destinos de inverno da França, mas esta fica bem mais afastada e não é muito prática para ir e voltar no mesmo dia.
  • Cidades próximas: há várias cidades interessantes para visitar na região. Até 1 hora de distância (ônibus e/ou trem), recomendo Aix-les-Bains e Chambery. Até 2 horas, Genebra é uma opção interessante e, ainda no lado francês, Thonon-les-Bains, ambas na borda do lago Léman. Outras opções um pouco mais distantes são Chamonix e Lyon. Todas as essas cidades têm estações de trem, mas é possível ir de ônibus ou mesmo de carona.
Teleférico em La Clusaz para acesso às estações de esqui

Teleférico em La Clusaz para acesso às estações de esqui

Como se locomover

A pé: mais prático para andar na parte histórica de Annecy. A cidade, de forma geral, é bem plana, logo é tranquilo para andar.

De bicicleta: alugar uma bicicleta na Velonecy é, para mim, a maneira mais prática de se locomover. O aluguel é barato, e há descontos para estudantes e viajantes de trem. A cidade tem muitas ciclovias, motoristas educados com os ciclistas e há bicicletários por toda cidade. Para se locomover durante a noite e aos domingos, quando não há mais ônibus, a bicicleta é bem prática.

De ônibus: há várias linhas de ônibus, dentro de Annecy e na aglomeração. Você pode comprar o bilhete ao embarcar (e pode usá-lo em um segundo ônibus). Porém, caso for utilizar muito esse meio de transporte, existe um desconto para comprar uma cartela com vários bilhetes. Você pode comprá-los na sede da Sibra, a empresa que cuida do transporte, que fica próxima à estação de trens, onde estão os principais pontos de ônibus. No site https://www.sibra.fr/ é possível simular trajetos e ver os horários. E atenção: durante a noite e aos domingos há menos linhas de ônibus e horários.

De carro: um carro facilita, principalmente se você quiser conhecer melhor as cidades próximas, em especial as que estão entre as montanhas. Não aluguei um carro mas há locadoras na cidade.

Táxi: não usei, mas recomendo uma coisa caso for usá-lo: tenha o número de telefone e um celular funcionando. Só vi um ponto de táxi, que fica junto à estação de trem (lá tem o telefone deles), mas muitas vezes ele estava vazio. A maioria das pessoas que precisam de táxi o chamam por telefone. Um chip de celular pré-pago é barato e fácil de ser obtido nas lojas de revistas.

Locação de bicicletas

Locação de bicicletas

Onde ficar

Eu fiquei em uma acomodação encontrada pela escola de francês (vou contar mais disso em outro post), então não posso falar muito sobre hospedagem, mas a cidade tem vários hotéis e mesmo um hostel. Além disso, uma boa opção é considerar o Airbnb, onde dá para alugar desde um sofá até um apartamento inteiro de um morador local. Você pode ler um relato sobre o Airbnb em Annecy neste post do blog Contando as Horas.

Como chegar

Vindo de avião, o aeroporto mais próximo é o de Genebra (código GVA), na Suíça. Chegando no aeroporto, você pode comprar uma passagem direta para Annecy. Para ver os horários você pode fazer uma pesquisa neste site. Recomendo comprar a passagem de ônibus direto no aeroporto, assim que você chegar. O aeroporto de Genebra tem uma estação de trem, mas ir de trem até Annecy, no momento que escrevo, não compensa, pois são necessárias muitas conexões e o caminho é mais longo. E tenha seu passaporte em mãos, pois pode ocorrer algum controle na fronteira entre França e Suíça, apesar de não ser comum.

Caso você não venha por Genebra, a cidade tem uma estação de trens que recebe trens vindos de cidades da região assim como trens de alta velocidade vindos de Paris e outras cidades. Para pesquisar passagens de trem eu recomendo o site da SNCF.

A rodoviária da cidade fica bem ao lado da estação ferroviária. Para cidades próximas você pode pesquisar passagens no site da Transdev. Neste momento que escrevo não há linhas da Ouibus, mas pode ser interessante olhar o site deles. A Ouibus é uma empresa de ônibus de baixo custo com várias linhas dentro da França e algumas linhas internacionais.

No aeroporto de Genebra, ônibus que vai para Annecy

No aeroporto de Genebra, ônibus que vai para Annecy

Links úteis

Site de turismo das cidades em volta do lago. Talvez o site mais útil para o turista, pois tem toda a lista de atividades e também o calendário dos eventos em cada mês do ano: http://www.lac-annecy.com/ (em francês, inglês, alemão, italiano e neerlandês)

Site da cidade: http://www.annecy.fr/ (em francês, inglês, alemão e italiano)

Aluguel de bicicletas: http://www.velonecy.com/ (em francês e inglês)

Ônibus urbanos (horários, rotas): http://www.sibra.fr/ (em francês e inglês)

Festival de filmes de animação de Annecy (todo ano em junho): http://www.annecy.org/

Site do Bonlieu (programação cultural relacionada a cinema): http://www.bonlieu-annecy.com/

Escolas para intercâmbio linguístico: IFAlpes (http://ifalpes.com/, post em breve) e Sibra (http://www.sibra.fr/)

Annecy em outros blogs

 

Outra dúvida? Coloque aí nos comentários, respondo assim que puder. E em breve alguns outros posts sobre Annecy e outras cidades próximas.

2 comentários sobre “Viajando para Annecy

  1. Bruna

    Oi, Rodrigo

    Não conhecia teu blog. Legal que vc também esteve em Annecy estudando Francês. O Raul gostou muito de lá! Também to querendo ir lá conhecer essa região.

    Obrigada por citar o blog no teu post!
    😀

    1. Rodrigo Autor da Postagem

      Oi Bruna, muito obrigado pela mensagem!
      Quando estava me planejando encontrei os posts do Raul e eles foram bem úteis!

      Abraços 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *